terça-feira, 4 de setembro de 2012

Amistosos: Brasil vence pela segunda vez no Desafio Internacional Infanto Juvenil


A seleção infanto juvenil feminina venceu, com autoridade, o Japão pelo Desafio Internacional, que está sendo disputado em Búzios, Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Nesta terça-feira (04.09), as futuras estrelas do Brasil fizeram 3 sets a 0, parciais de 25/20, 27/25 e 25/22, e voltaram à liderança do placar geral, que aponta 2 jogos a 1. Nesta quarta-feira (05.09), as seleções voltam a se enfrentar no quarto, e último, jogo do Desafio, no ginásio do Cemei, às 17h, com entrada gratuita.
Assim como no jogo passado, a oposta Lorenne foi a maior pontuadora da partida, ao lado da japonesa Shirai, com 15 pontos. Outro destaque brasileiro na partida foi a ponteira e capitã Karoline, que anotou 14.
"Foi uma vitória importante. Jogamos bem melhor do que ontem, atacamos bem, bloqueamos e o saque entrou. Para o jogo de amanhã temos que manter o foco e jogar com a mesma garra que mostramos hoje", disse Lorenne.
Muito satisfeito com a vitória, o técnico Maurício Thomas citou o ataque como um dos principais fundamentos de suas comandadas. Para a próxima partida, o comandante brasileiro espera que as atletas entrem com a mesma atenção que demonstraram no belo triunfo desta terça-feira.

"Hoje nosso time se comportou muito bem. Conseguimos sair das dificuldades em que o time japonês nos deixou, erramos menos... Um dos pontos mais importantes foi a nossa evolução no ataque", explicou Maurício.
Ichiro Hanzawa, o técnico do time japonês, gostou bastante do que sua equipe apresentou no duelo. Mesmo com a derrota sofrida, o semblante o treinador era de tranquilidade. Ele ainda aproveitou para elogiar uma jogadora brasileira.
"Perder o jogo hoje não foi tão negativo. Jogamos bem e as bolas rápidas deram certo. A número 11 do Brasil tem um ataque alto e forte, temos que prestar atenção nela amanhã", comentou Hanzawa, se referindo a oposta Lorenne.
O jogo
Num ataque da capitã, Karoline, o Brasil fez o primeiro ponto do jogo. Com jogadas rápidas, distribuídas pela levantadora Serizawa, o Japão foi para o primeiro tempo técnico vencendo por 8 a 4. O Brasil reagiu, diminuiu a diferença, mas mesmo assim foi para o segundo tempo técnico com um ponto atrás do placar. As brasileiras voltaram mais atentas, viraram o jogo e num ace de Sabrine fechou o set em 25 a 20.
Assim como no primeiro set, o segundo começou com ponto de Karoline. O Brasil passou a errar bastante e o Japão chegou ao primeiro tempo técnico vencendo por 8 a 6. As japonesas continuavam com as jogadas rápidas e aumentaram a vantagem, chegando ao segundo tempo técnico com 16 a 11. As comandadas do técnico Maurício Thomas passaram a errar menos, reagiram e fecharam o segundo set em 27 a 25.
O Brasil saiu na frente na terceira parcial, após erro de saque de Shirai. Com muita força no ataque, as brasileiras foram para o primeiro tempo técnico vencendo por 8 a 3. O Japão melhorou e o set ficou bastante equilibrado. Mas o Brasil conseguiu chegar com vantagem de um ponto ao segundo tempo. Alternando bons saques, ataques e bloqueios o Brasil fechou o jogo em 25 a 22.
Brasil: Lyara, Gabi, Laiza, Karoline, Sabrine e Lorenne
Líbero: Lais
Técnico: Maurício Thomas
Entraram: Edinara, Thais, Lana e Daniela
Japão: Serizawa, Koga, Nakata, Kono, Sakamoto e Kitsui
Líbero: Wada
Técnico: Ichiro Hanzawa
Entraram: Tahara, Takaso e Hayashi

Nenhum comentário:

Postar um comentário